terça-feira, dezembro 12, 2017

Mau tempo revela efeitos do fogo - 1ª parte

O mau tempo que se iniciou no último fim de semana constituiu um primeiro teste a uma consequência dos incêndios florestais que tende a ser minimizada, e que se traduz, entre outras, pela erosão de terrenos em áreas afectadas, queda de árvores danificadas ou inundações resultantes da menor capacidade de absorsão dos solos.

Com a atenção a centrar-se nos incêndios, concretamente nos danos imediatos, as consequências futuras tendem a ser descuradas, não obstante a sua inevitabilidade face à extensão ardida, do que resulta um número de locais vulneráveis extremanente elevado, sendo óbvio que em vários se verificarão os efeitos resultantes dos fogos.

Atribuídos, normalmente, ao mau tempo, o facto é que este apenas vem revelar e potenciar um conjunto de situações que têm outra origem e que não são prevenidas de acordo com o perigo que representam e a imprevisibilidade da sua evolução, que contrasta com a elevada probabilidade de vir a suceder.

O acidente em Marco de Canavezes, que provocou uma vítima mortal e um ferido ligeiro, quando uma viatura ficou imobilizada por uma pedra, tendo sido atingida por uma árvore que entretanto caiu, é exemplo das consequências do mau tempo, que nos dias de hoje já ninguém lembra que, na sua origem, poderão estar os incêndios que devastaram grande parte do País, pelo que tal pode ocorrer em áreas bastante extensas.

segunda-feira, dezembro 11, 2017

Equipamentos de navegação "Android" para veículos - 5ª parte

Os dados provenientes das câmara, tal como outros, ficam gravados no cartão de memória, podendo ser acedidos removendo-o do equipamento ou ligando este a um computador via cabo USB, sendo reconhecido como um vulgar dispositivo de armazenamento sobre o qual podem ser efectuadas as normais operações sobre ficheiros, como copiar, apagar ou mudar de nome.

A comunicação via "bluetooth" permite igualmente uma conexão com telemóveis, podendo assim, por exemplo, ser utilizado como um "kit" de mãos livres ou partilhar informação em tempo real com outros equipamentos que suportem este tipo de protocolo, sendo quase certo de que será o complemento ideal para o telemóvel do condutor.

Não sendo rádios, sem ligação a colunas ou amplificadores, permitem a comunicação com o rádio do veículo, transmitindo através deste, tal como muitos dispositivos feitos especificamente para o efeito, recorrendo a uma frequência padrão, tipicamente os 87.5 MHz.

Apesar de ser, sob muitos aspectos, um "tablet", podendo-se adicionar aplicações, o facto é que o espaço disponível para o efeito é reduzido, sendo desaconselhado instalar programas que não se destinem a navegação, ou seja, ao propósito principal deste equipamento, evitando sacrificar o desempenho ou mesmo a estabilidade do mesmo.

domingo, dezembro 10, 2017

O "Power Vent" da RDX

Apresentado recentemente pela "Bolt On Bits" e produzido pela RDX, o "Power Vent" é uma entrada de ar lateral para os diversos modelos de Defender com motores 300 Tdi, Td5 e Td4, vendida por perto de 20 Euros, a que podem acrescer portes, um valor superior ao do modelo de série, mas que implicará melhoramentos no desempenho.

Recomendado pela "Bell Auto Services" um dos especialistas na modificação de Land Rover, esta entrada de ar dinâmica é feita em plástico ABS de alta resistência e inclui parafusos em aço inoxidável e uma rede, destinando-se a substituir a entrada lateral plana que vem de série.

Se, por um lado, a ideia de uma tomada de ar dinâmica parece interessante, o facto é que é o motor, no seu funcionamento, que aspira o volume de ar necessário, pelo que este tipo de modificação só terá vantagem quando o sistema original tenha dificuldades em suprir as necessidades, podendo colocar-se esta questão no caso de o motor ter sido modificado directamente ou através da sua gestão electrónica, nos modelos que suportam esta opção.

Também se deve assinalar que, pela sua posição lateral fora dos contornos da carroçaria, mesmo que algo protegido pela aba da roda dianteira, esta entrada possar revelar-se vulnerável a impactos durante a condução fora de estrada, situação em que ramos desviados podem colidir com ela, podendo ainda, tal como acontece com os "snorkel", ser alvo das autoridades policiais.

sábado, dezembro 09, 2017

Molas luminosas para fotografias

Todos os anos, por esta época, sugerimos algumas recordações de baixo preço adequadas a serem oferecidas como recordações natalícias, recaindo hoje a escolha sobre um sistema luminoso que se aproxima em termos de configuração, de uma corda de roupa, com as respectivas molas, nas quais podem ser penduradas, por exemplo, fotografias ou cartões de Natal.

Cada "clip" luminoso, semelhante a uma mola de roupa, tem perto de 53 x 14 x 5 milímetros, possuindo um pequeno "led", cuja luz pode ser branca, num tom normal, intenso, e noutro mais suave, ou em múltiplas cores, com os preços a serem muito semelhantes para os vários modelos, ficando perto dos 5 Euros para um sistema que inclui 20 "leds".

Existem cordões deste tipo com 10, 20 ou mesmo 40 "leds", que se extendem por entre pouco mais de um metro e mais de quatro, consoante o número de "leds", podendo ser facilmente suspensos ou presos, como consequência do baixo peso e da facilidade em dobrar o cordão, que, naturalmente, não deve ser vincado, para evitar danificar os condutores eléctricos interiores.

Este tipo de iluminação existe em duas versões com sistema de alimentação distintos, uma ligada a um conjunto de três baterias tipo "AA", de 1.5 volts, e outra que se liga a um conector USB, sendo que no resto, partilham os mesmos componentes, com os "leds" a serem alimentados a 4.5 ou 5 volts, dependendo do modelo exacto, numa escolha que praticamente não afecta o preço.

sexta-feira, dezembro 08, 2017

"Files Go" do Google já disponível

O Google lançou recentemente um novo gestor de ficheiros e de espaço de armazenamento para dispositivos Android que, apesar de ainda em fase de teste, já pode ser instalado e testado sem quaisquer custos para o utilizador, tal como sucede com as aplicações desenvolvidas pelo Google.

O "Files Go" permite gerir o espaço, aconselhando o utilizador a tomar opções como apagar aplicações raramente utilizadas, gerir o espaço ocupado pela cache, apagar ficheiros duplicados, pesquisar ficheiros com maior rapidez e facilidade, centralizando um conjunto de operações que nem sempre são fáceis de efectuar num equipamento Android.

Também é implementada uma funcionalidade que facilita, de forma rápida e segura, a partilha de ficheiros entre dispositivos que utilizem esta aplicação, mesmo em modo "off line", mesmo em modo "off line", recorrendo a uma comunicação "bluetooth".

Na sua versão actual, o "Files Go" ocupa apenas 6 Mb, podendo ainda ter alguns erros, como qualquer versão de teste, mas encontra-se perto da sua versão final, sendo suficientemente estável e fiável para ser utilizado por todos quantos tiverem instalada uma versão de Android 5.0 ou superior, pelo que aconselhamos a que seja testada.

quinta-feira, dezembro 07, 2017

Equipamentos de diagnósticos para Td5 - 4ª parte

Obviamente, o preço será sempre um dos factores de escolha, com o Autel a ficar pela centena de Euros, enquanto o Icarsoft custa um pouco menos do dobro, ambos incluindo portes, e os restantes se situam acima dos 350 Euros, algo que corresponde às capacidades e funcionalidades oferecidas, as quais implicam um maior custo mas, igualmente, maiores benefícios para o utilizador.

Obter equipamentos em 2ª mão revela-se difícil, moroso, dada a raridade dos mesmos, e muitas vezes pouco vantajoso, sobretudo porque basta terem licença para um modelo diferente do que possui o potencial comprador, e obrigarem ao pagamento de novo licenciamento, para que o preço fique ao nível, ou bastante próximo, de um equipamento novo, já com a licença pretendida e a garantia do fabricante completa, para além de, naturalmente, não ter marcas de uso ou ter sido utilizado de forma incorrecta.

No entanto, para quem for paciente e tiver alguma sorte, fica sempre a possibilidade de adquirir um equipamento utilizado, o que consideramos apenas se justificar caso, paga a totalidade das despesas, o valor final fique abaixo dos 70% a 80% do preço em novo, dependendo do modelo exacto e valor total da poupança realizada, para o que se deve ter em conta a possibilidade de promoções por parte dos vários fabricantes.

quarta-feira, dezembro 06, 2017

Equipamentos de navegação "Android" para veículos - 4ª parte

Para além de gravarem vídeos com ângulo de 170º em formato MP4, com compressão H.264, as câmaras podem igualmente tirar fotos estáticas, com resoluções que vão, no caso da câmara principal, até aos 5 megapixels, permitindo obter boas fotos, muito embora as lentes não se revelem as adequadas a uma resolução tão elevada, sobretudo em movimento.

As duas câmaras destinam-se não só a gravar os percursos, mas também a manter dados deste, os quais ficam bloqueados caso o sensor de movimento detecte uma variação compatível com um acidente, evitando assim que sejam reescritos caso a gravação continue pelo tempo necessário para que se sobreponham.

Dependendo dos modelos, as câmara podem ser utilizadas para facilitar manobras de marcha atrás, com a imagem invertida, tal como sucede no espelho retrovisor, e como auxílio de condução, ajudando a manter o veículo na respectiva faixa de rodagem e, dependendo dos mapas, contribuindo para que circulem na velocidade mais adequada ao local onde transita.

A função "picture in picture" ou PIP permite a sobreposição de diversas imagens dinâmicas, tornando possível visualizar, em simultâneo, a transmissão de ambas as câmaras e informação proveniente de diversas fontes, que se distribuem de forma adequada num écran de 7" de boa resolução.

terça-feira, dezembro 05, 2017

Equipamentos de diagnósticos para Td5 - 3ª parte

Existem diferenças substanciais em termos de funcionalidades, podendo-se separar os dois primeiros equipamentos que se destinam essencialmente a ler, analisar e apagar códigos de erro, mas que não possuem as capacidades de programação, proceder a ajustes ou a configurações ou mesmo efectuar correcções, possibilidades existentes nos modelos mais dispendiosos, que oferecem um número muito superior de opções, as quais se podem revelar úteis em diversas situações.

Também é de salientar que o Lynx, ao contrário dos restantes equipamentos, não se destina a um funcionamento "standalone", ou seja requer a ligação a um dispositivo onde corre um programa informático e no qual são visualizados os dados e a partir da qual é exercido o controle, pelo que estamos diante de uma configuração que pode resultar de utilização mais difícil num veículo em movimento ou a análise de dados em tempo real por um único técnico que terá, igualmente, que conduzir.

Muito popular entre os proprietários dos Td5, para os quais o Nanocom foi inicialmente desenvolvido, os Evolution suportam agora outros modelos da Land Rover, desde que seja adquirida a necessária licença, sendo ainda hoje um dos equipamentos mais eficazes e para os quais existe um maior "know how", um factor que pode ser essencial na sua escolha, que é partilhada por muitos dos que utilizam veículos com a motorização Td5.

O Nanocom original tinha um pequeno LCD, onde apenas era possível visualizar informação em modo de texto e destinava-se apenas aos Td5, mas o Evolution tem novas funcionalidades e uma capacidade gráfica completamente diferente, facilitando em muito a utilização, permitindo ver informação mais complexa em tempo real.

segunda-feira, dezembro 04, 2017

Equipamentos de navegação "Android" para veículos - 3ª parte

Com processadores de quatro núcleos, 1 Gb de memória RAM e 16 de memória interna, que pode ser expandida via cartão micro-SD de até 64 Gb, é manifesto que estes equipamentos se destinam a uma utilização específica, já que a memória de que dispõe se revela insuficiente para utilizações mais exigentes, como as requeridas aos modernos "smartphones".

Sendo essencialmente destinados a navegação, pode-se optar entre o programa incluído, que possui os seus próprio mapas, ou o mais comum "Google Maps", que necessita de ligação à Internet, pelo que se aconselha, logo numa primeira fase, a efectuar as configurações necessárias ao acesso.

A ligação à Internet, caso não disponha de módulo que permite um acesso directo via 3G ou 4G, é efectuada via WiFi, recorrendo às normas 802.11 até n, o que permite efectuar a ligação através de um telemóvel com dados e configurado como "hotspot", uma funcionalidade presente nos telemóveis Android.

Na maioria destes equipamentos, a câmara principal, incluída na unidade base, tem uma resolução de 1080P a 30 imagens por segundo, duplicando para 60 caso se use a câmara em 720P, do que resulta uma imagem com menos resolução, mas mais fluída, enquando a câmara secundária tem uma resolução VGA, de 640 x 480 pixels.

domingo, dezembro 03, 2017

"Borda d´Água" de 2018 já disponível

Poucas publicações se podem orgulhar de atingirem os 89 anos de idade, e menos ainda entre os almanaques, autênticas enciclopédias onde se mistura sabedoria popular, curiosidades, ciência e um conjunto de informações sobre os ciclos da Natureza e que tinham eco sobretudo entre os agricultores.

A edição de 2018 do "Borda d´Água", o mais conhecido almanaque português, já se encontra disponível há algum tempo, podendo ser encontrado nos locais mais improváveis, incluindo em venda ambulante, mantendo uma tradição que permanece enraizada num País onde o seu conteúdo parece, aos olhos de muitos, completamente anacrónico como parte de um passado quase esquecido.

Muito popular entre os que têm origem nas aldeias, sobretudo naquelas onde a agricultura tinha maior peso, mas também entre os seus descendentes, que desde sempre recordam esta publicação, o "Borda d´Água" permanece imutável no seu estilo, com as páginas, em papel que se aproxima muito daquele que é utilizado nos jornais, a terem que ser cortadas pelos leitores para acederem ao seu interior.

Com um preço de 2.20 Euros, que pode ser inflacionado por quem o vende de forma ambulante, nas 24 páginas pode-se encontrar informação astronómica e astrológica, calendários, incluindo feriados e um conjunto de informações úteis ou interessantes, compondo uma publicação que merece o nosso apoio por representar uma tradição a manter.

sábado, dezembro 02, 2017

Novo Land Rover Defender já em testes

Um estranho modelo da Land Rover, essencialmente um Range Rover encurtado de forma a ter um chassis de 90 polegadas, o mesmo comprimento de um dos Defender na versão mais curta, sugere que este é uma plataforma de teste do sucessor deste último modelo, faltando a carroçaria e interiores definitivos.

Ocultar o que é imediatamente visível faz, infelizmente, todo o sentido, face às cópias ilegais que proliferam a partir da China, como a cópia do Range Rover Evoque, pelo que a opção da Land Rover, muito possivelmente, passará a ser esta, como forma de colocar no mercado veículos originais e sem que uma cópia surja de imediato.

Não restam dúvidas que o futuro Defender irá partilhar orgãos mecânicos de outros modelos da marca, mas a Land Rover reafirma que será um verdadeiro todo o terreno, com um desempenho fora de estrada digno do seu antecessor, e que este novo modelo será essencial para a estratégia da marca, o que justifica uma especial atenção a um modelo que tem uma responsabilidade única na manutenção de um conjunto de tradições.

Prevemos que, uma vez concluídos os testes, sem a carroçaria definitiva, todo o processo final de lançamento será rápido, com um período muito curto, considerando a prática actual na indústria automóvel, entre a primeira visualização do modelo final e a respectiva entrada em produção, desconhecendo-se se o resultado terá algo a ver com os DC100 ou terá um aspecto completamente novo, o que, obviamente, preferimos.

sexta-feira, dezembro 01, 2017

Equipamentos de diagnósticos para Td5 - 2ª parte

Apesar disto, existem algumas opções, na sua maioria licenciadas para um modelo específico de veículo, abrangendo todas as unidades produzidas, obrigando a adquirir uma licença adicional caso se pretenda expandir o âmbito do uso, estando ainda disponíveis em configurações autónomas ou requerendo a ligação a um equipamento adicional, como um computador pessoal.

Entre os modelos que suportam os Td5, apesar de no caso do Autel tal resultar de informação de utilizadores e não do fabricante ou representante, encontram-se os seguintes dispositivos, tendo sido adicionadas, quando disponíveis na nossa biblioteca, os respectivos manuais:

Autel 619
Icarsoft LR II
Hawkeye Total Diagnostic
Lynx Evo Diagnostics
Nanocom Evolution
Performance Inside Console

No caso concreto do Hawkeye, o manual incluído é para a primeira versão, sendo que a actual oferece melhoramentos, mas mantém-se, no essencial, semelhante em termos de funcionalidades, pelo que optamos por disponibilizar a versão de que dispomos, ficando a falta o manual para o último equipamento, o qual será incluído caso o venhamos a obter.

quinta-feira, novembro 30, 2017

Equipamentos de navegação "Android" para veículos - 2ª parte

A instalação é simples, conectando-se a câmara de rectaguarda via cabo, de seis metros, incluído no conjunto, o receptor de GPS, que deve ser colado através da fita adesiva incluída num local adquado, e ligando o cabo de alimentação à tomada de isqueiro ou recorrendo a uma alimentação via USB, se possível, sendo aconselhável colocar no "slot" um cartão de memória micro-SD com um mínimo de 16 Gb.

Neste caso concreto, a unidade central fica presa através de um par de imans com autocolante, devendo-se escolher cuidadosamente a posição dos mesmos antes de colar os imans no "tablier", que deve estar cuidadosamente limpo, sendo de testar a posição e a passagem dos cabos antes de considerar o processo concluído.

Com a instalação física feita, após ligar o sistema eléctrico da viatura o equipamento é activado, sendo de verificar se a imagem das câmaras está devidamente enquadrada e o sinal de GPS é bem recebido, algo que se pode verificar recorrendo aos programas incluídos no sistema, como o "GPS Test".

Também se deve, numa primeira fase, percorrer os menus, de modo a ganhar alguma familiaridade, e efectuar as configurações mais básicas, algumas das quais resultam do simples "login" nos programas, nomeadamente naqueles que são fornecidos pelo Google e que migram de forma automática dados do utilizador entre os vários dispositivos que este utiliza.

quarta-feira, novembro 29, 2017

CNPD proíbe divulgação integral do relatório de Pedrogão Grande - 3ª parte

Vai ser entre questões de privacidade e direitos individuais, e se estes transitam de forma linear e directa para os representantes legais, e o interesse público, que muitas vezes não passa de um voyeurismo atróz, mas que também pode ser o indiscutível direito a saber o que realmente sucedeu que será necessário decidir, num processo que, prevemos, não decorrerá a nível legal, sendo resolvido por actos individuais.

Não temos dúvidas que, uma vez conhecendo a parte do relatório a que terão acesso, e que se centrará no seu familiar falecido, as primeiras informações surgirão em público e abrangerão, em muitos casos, não apenas um indivíduo, mas todo um conjunto que pode extravasar os seus acompanhantes directos, sendo extrapoladas para quem perdeu a vida no mesmo local, assumindo-se que foi de forma idêntica.

Entre ilações e extrapolações, que irão gerar inevitáveis especulações, a ocultação de parte do relatório terá um efeito particularmente negativo para as instituições, que adicionarão o que será facilmente interpretado como uma tentativa de esconder a verdade ao peso do que realmente sucedeu, penalizando duplamente entidades como o MAI, a Autoridade Nacional de Protecção Civil e mesmo que esteve no terreno e resultando numa condenação imediata, independentemente da objectividade dos argumentos ou dados em que esta se baseie.

Divulgar o capítulo em falta, mesmo que ocultando dados inviduais, que apenas os mais directamente ligados irão associar a um indivíduo concreto, face à vontade das famílias das vítimas, teria sido a decisão mais razoável, e aquela que teria menos impacto, sendo certo de que todo o conteúdo do relatório será conhecido, agravando ainda mais um problema de confiança já de sí extremamentente grave e cujas consequências apenas podemos intuir.

terça-feira, novembro 28, 2017

Equipamentos de navegação "Android" para veículos - 1ª parte

Com preços francamente abaixo dos sistemas que incluem rádio e obedecem ao formato DIN, os equipamentos baseados em "Android" e que, essencialmente, são ferramentas de navegação e de registo de percursos, com recurso a duas câmaras, podem constituir uma boa alternativa, com os modelos mais acessíveis a ficar abaixo da centena de Euros, incluindo portes, mas podendo acrescer direitos alfandegários.

Este tipo de equipamento é, essencialmente, um "tablet" modificado de forma a suportar duas câmaras, uma destinada a recolher imagens frontais e outra da rectaguarda, e a poder ser instalado sobre o "tablier" do veículo de forma sólida e onde a informação seja facilmente visualizável.

Naturalmente, existem vários modelos em torno deste conceito, com écrans entre as 7 e 8 polegadas, com ou sem módulo de comunicações móveis, que podem suportar 3G ou 4G, recorrendo a diversas versões de "Android", normalmente a 4.4 e a 5.0, ou a diversos tipos de suporte e posicionamento das câmaras, numa multiplicidade de configurações que permitem uma ampla gama de escolha.

O modelo concreto que analizamos corre o "Android" 5.0, aconselhando-se sempre a usar a versão mais recente desta plataforma disponível dentro das alternativas possíveis, não incluí módulo de comunicações móveis e tem um écran de 7 polegadas, sendo as restantes características comuns à maioria deste tipo de equipamentos.

segunda-feira, novembro 27, 2017

CNPD proíbe divulgação integral do relatório de Pedrogão Grande - 2ª parte

No entanto, a CNPD aceita que parte do conteúdo deste capítulo venha a ser publicado se os elementos que identificam as vítimas forem removidos, dado que a partir de dos dados nele contidos se pode chegar à identificação de cada vítima, e os intervenientes permitirem a publicação, algo que parece ser a intenção dos familiares das vítimas, conforme expresso pela associação que as representa.

Face a esta opção por parte do representante das famílias das vítimas, e caso seja opção unânime por parte de todos quantos perderam familiares, a questão da privacidade, aquela sobre a qual a CNPD pode decidir, deixará de se colocar da mesma forma, muito embora não desapareça na sua totalidade, dado que estamos diante de questões legais sobre as quais, mesmo os herdeiros, poderão não ter inteira capacidade de decisão.

Não obstante, e porque a CNPD permite a divulgação a quem pretenda conhecer as circunstâncias exactas relativas ao sucedido a um familiar que perdeu a vida nos incêndios de Pedrogão Grande, uma simples revelação pública de um caso individual poderá ser o rastilho para que todo o resto se saiba, tal o impacto que pode ter no público e na exigência deste em saber a verdade, algo que, tipicamente, acaba por surgir, mesmo que de forma algo ilegal, na comunicação social.

A questão do interesse público é, naturalmente, discutível, sendo dúbio que um conjunto de detalhes sobre casos individuais devam ser revelados enquanto uma situação pessoal, mas podem ser esclarecedores quanto ao que realmente sucedeu e ilucidar o público quanto à responsabilidade do Estado, através das suas diversas instituições, para que a tragédia sucedesse, tendo como resultado uma muito maior exigência a nível de prestação de contas e um impacto devastador na imagem dos visados.

domingo, novembro 26, 2017

Nova colecção de relógios militares da WTI - 2ª parte

Alguns dos modelos anunciados têm dois e mesmo três mostradores, com sobreposição dos mais pequenos no principal, e com mais botões, ficando em aberto se estamos diante de uma opção meramente estética ou de novas funcionalidades, algo que será confirmado quando os modelos em causa estiverem disponíveis.

Tal como acontece com outras colecções, a bateria, do tipo SR626 ou 377 vem incluída, sendo necessário remover um pequeno espaçador para que o relógio, depois de devidamente acertado, comece a funcionar, uma vez removido de uma embalagem muito básica, onde a informação proporcionada é escassa, centrando-se sobretudo nos avisos técnicos e dados do fabricante.

A World Times International produz uma extensa gama de modelos, muito para além daqueles que são incluídos nesta colecção que, em Portugal, acompanha o jornal "Correio da Manhã" e "Record", sendo possível efectuar a aquisição em separado sempre que estes não sejam devolvidos, algo que tende a suceder perto de uma semana após a edição do jornal que acompanhavam.

Para além do modelo exposto, o primeiro da colecção, que reproduz, embora com alguns erros, o típico modelo da Luftwaffe utilizado durante a 2ª Guerra Mundial, que saiu a 17 de Novembro, estão previstos novos modelos a cada semana, com o segundo, do Exército Vermelho, a sair no dia 24 e modelos sucessivos a serem disponibilizados semanalmente até 02 de Fevereiro de 2018.

sábado, novembro 25, 2017

Portáteis recondicionados - 3ª parte

Empresas recentes, com poucas ou nenhumas referências, que praticam preços anormalmente baixos e que, caso interrogadas, sejam de um facilitismo irrealista, como a garantia do não pagamento de taxas alfandegárias, quando os envios sejam a partir do exterior da Comunidade Europeia ou a de que o equipamento inclui o teclado em português devem levantar fundadas suspeitas e implicar uma prudência que pode culminar na desistência do negócio.

Exemplo de empresas com preços demasiadamente baixos e que, não obstante aparecerem nos "feeds" do Facebook, devem levantar suspeitas face aos preços praticados são, a Superpcmall, a Laptopmall, nitidamente associadas, e a 3cVIPonline, cujos preços e condições de venda, data de registo do domínio e falta de informação comercial via outras fontes, inclusivé mecanismos de análise, levantam fortes suspeitas quanto ao resultado do negócio.

Um teste com um dos endereços mencionados deu como resultado um risco particularmente elevado, com apenas 10% a nível de segurança, desaconselhando fortemente qualquer aquisição, não tendo sido encontrada nenhuma referência que garanta um mínimo de segurança, seja em mecanismos, seja através de eventuais clientes, pelo que uma compra corresponde a um risco que nos parece inaceitável.

Sugerimos aos nossos leitores que estejam a equacionar adquirir um computador portátil que estudem as opções existentes e procedam dentro da maior prudência e bom senso, o que pode permitir poupanças substanciais sem comprometer a produtividade, permitindo canalizar poupanças para outros equipamentos ou bens que, pela sua natureza, não possam ser adquiridos em condições semelhantes.

sexta-feira, novembro 24, 2017

Nova colecção de relógios militares da WTI - 1ª parte

Mais de um ano após uma colecção de relógios da Eaglemoss ter sido disponibilizada em Portugal, através da revista Visão, surge uma nova alternativa, com modelos similares mas que, por serem de outra proveniência, a World Time International, têm acabamentos e um preço diferente, passando dos 5.99 para os 9.99 Euros, sendo este aumento pouco justificável face às escassas diferenças.

No entanto, apesar do preço de venda, face à qualidade do produto, esta série de relógios continua a oferecer uma relação entre o preço e a qualidade muito favorável, com excelentes acabamentos, superiores aos da Eaglemoss, e uma resistência que permite a sua utilização mesmo em situações mais desfavoráveis, apesar de não ser submergível.

A caixa, mais pequena do que a dos modelos equivalentes da Eaglemoss, é em alumínio, com a tampa em aço inoxidável, resultando muito mais leve, com indicadores em quartzo sobre o mostrador analógico, que podem ter pequenos mostradores adicionais em modelos específicos, o que permite ler as horas no escuro, e as braceletes dependendo do modelo, são em cabedal ou lona com fechos em metal.

O mecanismo interno japonês PC21 da Seiko é bastante preciso, de pequenas dimensões e com baixo consumo de energia, sendo idêntico em todos os modelos da colecção, numa prática muito comum no sector, pelo que as diferenças são apenas exteriores, sem influência a nível de funcionalidade ou características individuais.

quinta-feira, novembro 23, 2017

CNPD proíbe divulgação integral do relatório de Pedrogão Grande - 1ª parte

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) vetou esta quarta feira a divulgação pública do capítulo 6 do relatório sobe a tragédia em Pedrógão Grande, embora sublinhando que "tem de ser garantido o acesso a estes dados para alguns dos envolvidos".

No parecer, efectuado a pedido do Ministério da Administração Interna (MAI) onde era solicitado um parecer sobre a possibilidade de retirar elementos identificativos das vítimas, a CNPD considerou que, mesmo sem nomes e fotografias, seriam expostos detalhes e informações "para lá daquilo que é adequado ou necessário e porventura desejado pelos familiares diretos, que têm o direito a não ser confrontados, na sua dor e luto, com informação detalhada".

Segundo a CNPD, este relatório contém "informações pormenorizadas sobre cada uma das vítimas e das suas últimas horas de vida" e que a divulgação do capítulo em falta as expõe "num grau muito elevado, afetando significativamente os direitos fundamentais ao respeito pela vida privada e à proteção de dados pessoais".

Para a CNPD só em caso de interesse público, e aqui estamos diante de algo de apreciação complexa, e se a publicação fosse "indispensável ao cumprimento das atribuições do MAI" se justificaria a divulgação do capítulo em falta, que, assim, continua indisponível salvo mediante autorização, embora fique em aberto se o professor Xavier Viegas, responsável pelo relatório, revelará a parte em falta, tal como anunciou, caso o Governo não o faça.

quarta-feira, novembro 22, 2017

Actualização gratuita para Windows 10 termina no final do ano

A Microsoft anunciou que o "upgrade" gratuito para Windows 10 terminará no final do corrente ano, pelo que o processo actualmente disponível e permite continuar a efectuar esta operação muito após ter terminado o ano seguinte ao lançamento deixará, previsivelmente de funcionar.

Como muitos leitores saberão, existem ainda diversos processos, mais ou menos directos, que permitem a actualização de um sistema operativo para Windows 10, seja através do "site" da Microsoft, seja gerando um media de instalação, após o que as actualizações e validações serão efectuadas, resultando num sistema operativo válido e funcional.

As reinstalações serão, em princípio, possíveis, dado que o equipamento fica registado, pelo que, mesmo em caso de falha de disco, por exemplo, após a reparação pode ser reinstalado o mesmo sistema operativo, como substituição directa do anterior, mas mesmo equipamentos que teoricamente poderiam fazer a actualização, por terem um sistema operativo genuíno e elegível, deixarão de o poder fazer.

A experiência que temos com o Windows 10 tem sido positiva, sendo manifestamente superior aos seus predecessores, pelo que aconselhamos os nossos leitores que disponham de equipamentos compatíveis a efectuar a actualização enquanto gratuita para um sistema operativo que irá continuar a ser actualizado, melhorado e manterá um suporte que hoje já falta aqueles que o precederam.

terça-feira, novembro 21, 2017

Equipamentos de diagnósticos para Td5 - 1ª parte

Tendo em conta a sofisticação inerente aos veículos geridos electronicamente, apesar de concebidos há quase duas décadas, também os Td5 carecem de um equipamento de análise, sem o que a detecção de avarias se torna complexa e morosa, numa sucessão de tentativas e erros que podem encarecer em muito, mesmo que pela imobilização do veículo, todo o processo de reparação.

Pela sua especificidade, não sendo 100% OBD2, um grande número de equipamentos de diagnóstico não são compatíveis com os Land Rover com motor Td5, incluindo-se aqui os Defender e Discovery que utilizaram esta motorização e independentemente do tipo exacto de motor e centralina, muito embora possam surgir diferenças no comportamento dos dispositivos dependendo do modelo de veículo exacto.

No entanto, e apesar de algumas diferenças quando, por exemplo, a ligação é efectuada a um veículo com uma centralina MSB, que não pode ser programado por cabo, e os que possuem as mais recentes NNN, o facto é que a esmagadora maioria dos equipamentos de diagnóstico falha logo na conexão, podendo, ainda, forneceder dados errados.

São, por estes motivos, excluídos os equipamentos mais acessíveis, entre eles os populares ELM327, mas também alguns cujos próprios fabricantes garantem a compatibilidade e se verifica que, efectivamente, não o são, restanto, assim, apenas um número relativamente reduzido e que oferecem potencialidades e flexibilidade de utilização muito distintas, tendo, igualmente preços muito díspares.

segunda-feira, novembro 20, 2017

Sempre o curto prazo - 5ª parte

Dado que tal implica um extenso trabalho, que vai muito para além de uma legislativa, e mesmo de duas, para ter os efeitos esperados, mesmo que numa fase inicial, bem como a plena compreensão do que se passa no Interior do País, e um esforço do Estado, que forçosamente terá que reabrir serviços encerrados, incluindo-se aqui desde tribunais a hospitais ou serviços de atendimento permanente, passando por repartições públicas, optou-se por soluções mais simples e imediatistas.

Nota-se que não criticamos aquilo que, tal como já mencionamos, deve ser feito no apoio às populações afectadas, e que chega tarde, mas a falta de visão que, mais uma vez, opta pelo simplismo de deitar dinheiro sobre os problemas, esperando que tal os resolva de forma diferente do que o mesmo método fez repetidamente no passado, algo que, naturalmente, só por milagre iria acontecer.

Naturalmente, e diz-nos a experiência, repetir soluções ou criar cenários idênticos, mesmo que com algumas variantes resultantes da evolução nos vários campos, e nem sempre esta é positiva, como, por exemplo, a da demografia, não se irão obter os resultados pretendidos, pelo que as medidas com as quais se pretende resolver um problema complexo, esquecendo que este é tão somente um dos muitos sintomas de algo mais abrangente, resultará num inevitável insucesso.

A precipitação de um conjunto de medidas, adoptadas para acalmar as populações, mas sem a reflexão que só o tempo permite, não irá no sentido pretendido, mesmo que, temporariamente o possa aparentar, não passando de uma estranha edificação sem alicerces, dispendiosa e preparada para ruir, arrastando um imprevisível número de vítimas, quando se verificar o primeiro abalo sério.

domingo, novembro 19, 2017

Orientação por elementos naturais pela Land Rover

A navegação recorrendo a elementos naturais ou fornecidos pela natureza, interpretando-os de forma a determinar, mesmo que de forma aproximada, a direcção dos pontos cardeais implica um conjunto de conhecimentos e técnicas que as modernas tecnologias têm vindo a fazer esquecer.

Em textos anteriores descrevemos algumas destas técnicas, incluindo o uso da bússola ou a orientação pelo Sol, recorrendo a um relógio, que agora complementamos disponibilizando uma antiga publicação da Land Rover, escrita em italiano, mas cujo conteúdo, sendo essencialmente gráfico, é de fácil interpretação.

Incluem-se nesta pequena brochura técnicas de orientação pelo Sol, pelas estrelas, recorrendo a indícios naturais, como a disposição das ramagens das árvores ou simples marcas de humidade, ficando de fora outras técnicas que implicam a análise de elementos artificiais, como edificações, onde também é possível recolher alguns elementos que ajudem a determinar uma dada orientação.

Sendo apenas uma breve e simples introdução, esta publicação, para além do seu interesse histórico, visa contribuir para despertar nos nossos leitores o interesse por outras técnicas de orientação, que não recorram à actual tecnologia a qual, por muito eficaz que seja, pode não estar disponível ou apresentar erros que, sem forma de aferição, não serão detectados.

sábado, novembro 18, 2017

Novo adiamento do termo do período crítico de incêndios

O Período Crítico no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios foi prolongado até dia 23 de Novembro, como consequência do prolongamento do tempo seco, com a secura dos solos a agravarem-se face a uma muito prolongada ausência de chuva, pelo que a possibilidade de propagação de incêndios continua elevada.

Acresce a manutenção de temperaturas elevadas, acima da média para esta época do ano, e a necessidade de desencorajar queimadas, muito comuns a partir de finais de Setembro e que, face às condições actuais, podem ter consequências graves, como a sucedida em Aldeia Nova, concelho de Mangualde, onde num incêndio, possivelmente originado por uma queimada, provocou uma vítima mortal.

Assim, são mantidas as restrições previamanente mencionadas, sendo vedadas um conjunto de actividades das quais possam resultar ignições, mantendo-se vedada a circulação de veículos motorizados, sem protecções adequadas, em áreas florestais, do que resulta a impossibilidade de realização de um conjunto de iniciativas ligadas à prática do todo o terreno, que terão que ser adiadas ou canceladas.

Apesar de as temperaturas terem descido substancialmente e se verificar um maior arrefecimento noturno, a cada vez maior secura dos solos, as noites longas, que impossibilitam a intervenção dos meios aéreos, a diminuição dos efectivos do dispositivo de combate e um maior laxismo por parte de quem crê que o risco diminuiu, cria condições para que os incêndios continuem a surgir e, mesmo que de menores dimensões, as dificuldades de combate mantêm-se, pelo que se recomenda prudência e, caso surja um foco de incêndio, se alertem as autoridades.

sexta-feira, novembro 17, 2017

Professor Xavier Viegas ameaça revelar capítulo em falta do relatório de Pedrogão - 2ª parte

Obviamente, todos nos interrogamos quanto aos reais motivos da não publicação deste capítulo, não apenas pelo seu conteúdo concreto, nomeadamente no respeitante à forma como ocorreu cada uma das mortes, mas pelo efeito na responsabilização de intervenientes, tal como consta de outros capítulos, podendo levar a uma muito mais forte condenação pública face aos relatos de casos concretos.

Assim se compreende que a razão apontada pela ex-ministra Constança Urbano de Sousa, para remover este capítulo, alegadamente para proteger as identidades das vítimas, cujo nome seria apagado em minutos na versão a publicar, teria um alcance completamente diferente, com um efeito imprevisível e que se poderia revelar devastador para o próprio Governo e para os responsáveis pelas operações.

Se o capítulo em falta, não for tornado publico no prazo indicado, este poderá ser revelado pelo próprio professor Xavier Viegas, ficando assim o público com total acesso a um relatório realizado por especialistas na matéria, cuja isenção consideramos estar acima de qualquer suspeita.

Naturalmente que voltaremos a este assunto, seja quando o Governo proceder à divulgação do capítulo em falta, seja caso esta seja feita pelo professor Xavier Viegas, seja pela manutenção em segredo do conteúdo em falta, situação que, a suceder, carecerá de uma ampla explicação, sem o que dificilmente será aceite pela sociedade e, sobretudo, por todos quantos perderam familiares na tragédia de Pedrogão Grande.

quinta-feira, novembro 16, 2017

Sexto conjunto de manuais Land Rover "on line"

Ainda são relativamente raros na Internet os manuais para a última geração dos Defender, os TDCI ou "Puma", que vieram substituir os Td5 e possuem variantes com motores de 2.4 e, posteriormente, 2.2 litros, acoplado a uma caixa de 6 velocidades.

Disponibilizamos o manual de oficina para as versões 2.4 e 2.2 e o "Microcat", em versão PDF, esperando que possam ajudar os proprietários destes Defender a conhecer melhor os seus veículos e, caso pretendam, a efectuar reparações ou manutenção de acordo com as especificações do fabricante.

- Defender MY07 Workshop Manual (2.4)

- Defender MY12 Workshop Manual (2.2)

- L319 Defender Microcat

Estes são ficheiros de grandes dimensões, em formato PDF, pelo que a sua descarga, que aconselhamos a quem possua um dos últimos Defender, pode demorar algum tempo, dependendo este da velocidade de conexão.

quarta-feira, novembro 15, 2017

Sempre o curto prazo - 4ª parte

Naturalmente, pela sua importância, os estabelecimentos considerados de interesse estratégico terão condições comerciais particularmente favoráveis, podendo resultar numa rentabilidade directa nula, que será compensada pelo efeito positivo que geram e pelas receitas provenientes de todas as lojas beneficiadas pela sua existência, bem como por todos os negócios associados, que poderão incluir entidades externas.

Aliás, existe uma tendência de em redor de uma empresa de grandes dimensões, mesmo fora do seu âmbito, estabelecerem-se muitas outras, que irão beneficiar das estruturas criadas a nível de distribuição, rede viária e outras infraestruturas, constituindo-se em polos de desenvolvimento, com vertentes tão distintas como o urbanismo ou a cultura, inevitáveis quando novos residentes se estabelecem localmente.

Sabe-se que atrair empresas com as características adequadas tem implicações, nomeadamente a nível de fiscalidade e outras condições que se revelem particularmente atractivas num mercado globalizado, mas a perda resultante de abdicar de receitas e dos apoios a prestar será compensada no médio e longo prazo pelas alterações estuturais resultante da fixação de novas empresas e no progresso local.

Tal implica um plano devidamente estruturado, tempo de execução e a disposição de perder receitas durante um período de alguns anos, o suficiente para que a zona se desenvolva e se torne suficientemente atractiva para que venha a constituir-se como um polo de desenvolvimento regional a ser melhorado e replicado noutras zonas do Interior, num processo lento mas sólido e que tenha impacto estrutural.

terça-feira, novembro 14, 2017

Land Rover Owners de Dezembro de 2017 já nas bancas

Já se encontra nos locais de venda habituais a edição de Dezembro de 2017 da Land Rover Owners International, tendo em destaque na capa um Defender com um motor de 5.9 litros e um binário de 129 kgm, num artigo onde são reveladas as técnicas utilizadas neste veículo.

Um artigo interessante, e invulgar, sobre a sobrevivência no extenso deserto egípcio, merece igualmente atenção, tal como o que aborda um conjunto de 73 equipamentos destinados a conjuntos para esta época do ano, bem como a avaliação de um conjunto de para-choques de diversos modelos.

O teste do Range Rover Velar, recentemente apresentado, o restauro de um dos primeiros Discovery 1, ainda de pré-produção, e de um raro Tickford Series I, a técnica de utilização de guinchos, a avaliação de compra de um Discovery 3, com critérios de preço do mercado britânico, são igualmente interessante e justificam a leitura.

Entre os artigos técnicos encontram-se assuntos tão diversos como a preparação de veículos, a substituição de uma caixa automática de um Discovery ou a reparação da suspensão de um P38, a que acresce a apresentação de de novos produtos, complementada pela publicidade temática, bem como a descrição de actividades e passeios para os adeptos da marca, complementa um número com amplos motivos de interesse.

segunda-feira, novembro 13, 2017

Professor Xavier Viegas ameaça revelar capítulo em falta do relatório de Pedrogão - 1ª parte

O professor Domingos Xavier Viegas, que coordenou uma equipa que, a pedido do Governo, investigou a tragédia de Pedrógão Grande e realizou um relatório sobre a mesma, deu um mês para que um capítulo, composto de setenta páginas, ainda mantido em segredo seja revelado.

Até hoje, o Ministério da Administração Interna tem-se recusado a revelar o sexto capítulo do relatório alegando que dele constam a identidade de vítimas dos fogos, situação que tem sido desmentida pelo autor, que sustenta não haver referência a nenhuma identificação nas páginas até hoje mantidas em segredo.

Este capítulo já levantou diversas polémicas, com a Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande a ter ameaçado não comparecer a um encontro agendado com o primeiro-ministro caso este último capítulo do relatório não fosse divulgado, tendo obtido o acordo de que, uma vez retirados os nomes das vítimas, este seria divulgado, algo que ainda não sucedeu.

O remeter o problema para a Comissão Nacional de Protecção de Dados, no sentido de esta se pronunciar sobre questões de privacidade envolvidas, e estamos cientes de que a eliminação de nomes pode não corresponder a uma ocultação da identidade, na conjuntura actual surge como um adiar, enquanto se procura uma outra forma de evitar a divulgação do capítulo em falta, reproduzindo uma falta de transparência que é comum nesta área, sendo disso exemplo o relatório sobre a morte de bombeiros no Caramulo.

domingo, novembro 12, 2017

Suporte tipo HUD para telemóvel

Seguir um itinerário sobre um mapa, do Google, por exemplo, num telemóvel é um dos métodos de navegação mais comuns nos dias de hoje, recorrendo a um equipamento disponível para muitos e a um conjunto de "software" e informação digital gratuitos, com um custo que pode apenas ser o da transferência de dados.

Colocar o telemóvel numa posição semelhante à de um "head up display", ou HUD, portanto na linha de vista, ou apenas ligeiramente desviado, facilita em muito a sua utilização, tornando-a, inclusivamente muito mais segura, por dispensar o condutor de desviar o olhar, mantendo ao mesmo tempo no campo de visão a estrada e o mapa.

Um suporte destinado ao efeito, que pode ser colocado no bordo do "tablier", e portanto compatível com um grande número de veículos, é uma peça simples, que basicamente possui duas molas, uma para fixação do próprio suporte e outra para que nele seja fixo o telemóvel, que, no modelo apresentado, não poderá ter mais do que 9 centímetros de largura.

Construído em plástico, com borracha ou silicone nas zonas de pressão e molas em aço, este suporte tem um preço um pouco superior aos 2 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, e resolve de forma prática a necessidade de ter um telemóvel na linha de vista, seja para efeitos de navegação, seja para comunicação, desde que complementado com um "kit" de mãos livres.

sábado, novembro 11, 2017

Opera 49 estável já disponível

Já se encontra disponível a versão estável do Opera 49, com as características e funcionalidades que descrevemos quando se encontrava em fase de teste, mas com a estabilidade inerente a um produto destinado ao público em geral, sendo o primeiro "browser" com suporte nativo para VR360, numa aposta nos novos dispositivos e produtos de realidade virtual.

É possível ter instaladas as três diferentes versões do Opera, concretamente a estável ou "stable", a mais adequada para o dia a dia, a "beta", onde se encontram as funcionalidades da próxima versão, aproximando-se muito desta, pelo que já possui a estabilidade para enfrentar a maioria das situações do dia a dia, e a "developer", ainda em fase de desenvolvimento e que pode apresentar mais erros ou falhas.

Naturalmente que na versão "developer" está presente um maior número de funcionalidades em teste, algumas das quais podem não vir a ser implementadas na próxima versão, ou mesmo abandonadas, destinando-se a utilizadores experientes que pretendam antever o futuro e, preferencialmente, prestar informações que contribuam para o desenvolvimento das novas versões do Opera.

Sugerimos aos nossos leitores a utilização deste "browser" de excelente qualidade e com funcionalidades que incluem VPN, uma rede privada virtual, o bloqueador de publicidade, conversor automático de moedas, recorte de écran, integração com sistemas de mensagem instantânea, bem como uma instalação e configuração fácil e intuitiva, oferencendo aos seus utilizadores uma navegação estável e segura, essencial nos dias de hoje.

sexta-feira, novembro 10, 2017

Sempre o curto prazo - 3ª parte

Mais grave, as causas profundas dos incêndios não foram adequadamente abordadas, nem sequer afloradas em toda a sua extensão, faltando toda a vertente estrutural que está na raiz do problema e que, não sendo corrigida, o que implica estudos profundos e décadas de trabalho antes de se verem os frutos, pouco irá alterar um cenário que, como está demonstrado, é propício a este tipo de tragédia.

Podia-se ter, pelo menos, ter estudado a possibilidade de implementar um plano-piloto numa das regiões mais afectadas, com medidas que combatam a desertificação e o empobrecimento, o que implica investimentos substanciais e atrair grandes empresas que sirvam de âncora a outras mais pequenas, criando uma estrutura onde a interacção e complementaridade potenciem novas iniciativas.

Sabe-se que atrair empresas com as características adequadas tem implicações, nomeadamente a nível de fiscalidade e outras condições que se revelem particularmente atractivas num mercado globalizado, mas a perda resultante de abdicar de receitas e dos apoios a prestar será compensada no médio e longo prazo pelas alterações estuturais resultante da fixação de novas empresas e no progresso local.

Tal implica um plano devidamente estruturado, tempo de execução e a disposição de perder receitas durante um período de alguns anos, o suficiente para que a zona se desenvolva e se torne suficientemente atractiva para que venha a constituir-se como um polo de desenvolvimento regional a ser melhorado e replicado noutras zonas do Interior, num processo lento mas sólido e que tenha impacto estrutural.

quinta-feira, novembro 09, 2017

Entregas gratuitas da Amazon Espanha

Após os portes gratuitos terem terminado na Amazon inglesa e na ausência de uma congénere nacional, a possibilidade de efectuar compras a partir de Portugal nesta cadeia internacional sem pagar os portes de envio é agora possível a partir de Espanha.

Apesar de à data desta publicação ainda não constar do "site", os clientes em Portugal que façam encomendas através da Amazon.es no valor total superior a 29 Euros ou adquiram livros acima dos 19 Euros passam a ter portes grátis, utilizando o correio normal, pagando apenas um valor adicional caso optem por um envio mais rápido, como o proporcionado por um correio expresso.

Esta é uma excelente notícia, seja pelos preços muito favoráveis praticados pela Amazon, seja pela enorme variedade de produtos, que vão muito para além de livros, muito embora nem todos sejam exportáveis para todos os países, como consequência da legislação em vigor e de acordos comerciais e que vem por fim a uma situação que consideramos injusta.

Num Mundo cada vez mais globalizado, esta era uma opção que há muito fazia todo o sentido, compensando, de alguma forma, o facto de ainda não existir uma Amazon Portugal, o que penaliza os residentes em termos de prazos de entrega, mas colocando o nosso País, em termos de custos de envio, ao nível de outros, onde esta multinacional está instalada.

quarta-feira, novembro 08, 2017

Sempre o curto prazo - 2ª parte

Por concluir estariam, ainda, relatórios da própria Autoridade Nacional de Protecção Civil, uma das principais visadas, mas também os que resultam do desenrolar das operações e que seriam sempre de anexar e consolidar, bem como os diversos inquéritos em curso, que, com abordagens diferentes, incluem informações relevantes.

Assim, o conjunto de decisões adoptadas surge como uma forma de aplacar iras e não como um todo consistente, realizável no médio e longo prazo, onde o curto prazo seria sobretudo composto de medidas de ressarcimento das vítimas e de contingência que repusessem em funcionamento serviços, estruturas e empresas, das quais dependem, em muito, a sustentabilidade das zonas mais afectadas.

Se este último conjunto peca por tardio, sendo certo de que, face à responsabilidade do Estado, deviam ter sido adoptadas muito antes, quando ficaram patentes as falhas do sistema de socorro ocorridas durante os fogos de Pedrogão, sendo injustificável, e injusto, que as vítimas fossem forçadas a aguardar quatro meses por uma conclusão óbvia, o que define as restantes medidas é a precipitação e falta de visão.

A ideia de reconstrução pode surgir como justa, mas necessita de ser equacionada com particulares cuidados, face ao risco de se repor uma situação propícia ao desastre, repondo o mesmo tipo de cenário onde este ocorreu, sem que tenham sido extraídas as devidas lições de toda esta tragédia.

terça-feira, novembro 07, 2017

Caixas de arrumação no Continente por 6.99€

Arrumar objectos, de forma organizada, permitindo um acesso fácil e a localização dos bens, pode revelar-se complexo no espaço severamente limitado dos veículos destinados a expedições, com a opção a ir para as caixas empilháveis, como as que o Continente disponibiliza na sua cadeia de loja nos próximos dias.

Construída integralmente em plástico negro e com um sistema simples de fecho nas extremidades, em cor laranja, este modelo concreto tem uma capacidade de 15 litros e dimensões exteriores de 400 x 300 x 190 milímetros, portanto um pouco mais pequena que uma das conhecidas "Wolf Box", cujas dimensões exteriores são 450 x 340 x 205 milímetros.

Naturalmente, estas caixas da "Smartstore" que estão disponíveis em diversas lojas, não possuem a mesma resistência de uma "Wolf Box", mas o preço fica abaixo de 20% destas, resultando numa relação preço qualidade particularmente favorável, caso as suas características sejam adequadas ao fim a que se destinam.

Durante a presente semana, entre 3ª feira, dia 07 e 2ª feira, dia 13 de Novembro, esta caixa tem um desconto de 50%, ficando com um preço unitário de 6.99 Euros, que se compara muito favoravelmente com outras alternativas existentes no mercado, sendo uma excelente alternativa para quem necessita de arrumar bens num veículo.

segunda-feira, novembro 06, 2017

Sempre o curto prazo - 1ª parte

Surgem cada vez mais críticas, ou simples desconfianças, face às medidas e metodologias adoptadas pelo Governo na área da prevenção e combate aos incêndios florestais, apontando-se, para além da ineficácia ou impraticabilidade de várias disposições, a precipitação das decisões.

Após meses de espera, e de inacção, após a tragédia de Pedrogão, período durante o qual pouco ou nada foi feito sob o pretexto de que as decisões se iriam basear no relatório da Comissão independente nomeada pelo Parlamento, mas que, consideramos, foi uma forma de adiar soluções, crendo que duas tragédias não ocorrem no mesmo ano, os incêndios de Outubro impuseram outro calendário.

É de notar que, apesar do impacto dos incêndios que devastaram grande parte do País em meados de Outubro, a falta de tacto político ou a insensibilidade não implicaria, caso não houvesse intervenção externa, uma alteração do calendário político, não obstante a crescente revolta popular face à destruição e perda de vidas humanas ocorridas num único fim de semana.

Subitamente, face à pressão popular, da qual o discurso do Presidente da República é um eco, surgem as medidas resultantes do Conselho de Ministros extraordinário previamente agendado, o qual decorre pouco mais de uma semana após o relatório da Comissão Independente ter sido entregue e antes daquele que foi pedido à equipa do professor Xavier Viegas ter sido terminado.

domingo, novembro 05, 2017

Farol de trabalho amovível - 2ª parte

Tal como anteriormente, quando o farol estava instalado, apenas quando se acciona o interruptor interior a tomada passa a estar alimentada, sendo que todo o circuito, salvo no seu término, se mantém inalterado, o que facilita em muito todo o processo de transição.

Pode-se trocar o suporte do farol de trabalho por um simples suporte de câmara, com ventosa e alavanca para sucção, que permite prender o farol e orientar o foco de acordo com o pretendido, sendo sempre de escolher um modelo compatível com o peso a suportar, sendo certo de que, caso colocado na superfície superior, é possível escolher um suporte menos sofisticado.

É igualmente necessário colocar um conector de isqueiro nos cabos originais do farol, efectuando a ligação e soldando, para efeitos de maior solidez, sugerindo-se um dos modelos que possuem uma luz avisadora, que se acenderá assim que o equipamento esteja alimentado e ajuda a monitorizar a ligação eléctrica.

Naturalmente, em vez de adaptar o farol existente, adicionando o conector e uma base, pode-se adquirir um modelo com estas características, mas seguindo esse caminho o valor aumenta substancialmente, passando dos perto de 5 Euros que custou o material que adquirimos para 30 a 40, correspondentes a um farol novo, numa opção que deixa sem uso o que foi removido e será perfeitamente utilizável.

sábado, novembro 04, 2017

Portáteis recondicionados - 2ª parte

Não sendo propriamente um problema, o facto de os teclados não serem portugueses mas dos países de origem, representa um incómodo, cuja ultrapassagem requer a colocação de autocolantes nas diversas teclas onde se verificam especificidades nacionais ou uma habituação, que pode passar muitas vezes por tentativa e erro, algo desaconselhado em utilizações mais profissionais.

Em contrapartida, os preços são francamente favoráveis, podendo-se adquirir um portátil de uma marca conceituada e com um desempenho aceitável, completamente revisto ou reconstruído, por valores que partem da centena e meia de Euros para modelos de média gama com três anos, a que apenas acrescem portes, que dependem caso se pretenda uma entrega urgente, sem o que esta pode demorar até perto de duas semanas.

Será sempre de inquirir junto dos vendedores quais as condições exactas, seja do equipamento, sejam aquelas em que decorre o negócio, verificar a reputação da loja, incluindo tempo de actividade, de modo a evitar problemas ou surpresas desagradáveis, aconselhando-se a recorrer a meios de pagamente que protejam, tanto quanto possível, o comprador, como o recurso ao Paypal, evitando transferências bancárias e mesmo cartão de crédito sem intermediários.

Não podemos esquecer que, salvo em leilões, onde existe um certo grau de imprevisibilidade que decorre do número de interessados, do estado do mercado, das últimas evoluções tecnológicas ou de características de um modelo específico, e que podem ditar um preço de aquisição muito abaixo do habitualmente praticado no mercado, preços de venda directa demasiadamente baixos devem levantar suspeitas.

sexta-feira, novembro 03, 2017

"Empreender, da ideia ao negócio" da Deco-Proteste

O livro "Empreender, da ideia ao negócio" lançado pela Deco-Proteste e Proteste-Investe é um guia com uma vertente prática que pretende explicar aos leitores os processos, por vezes complexos e pouco lineares, que são necessário para iniciar uma actividade criando a sua própria empresa.

Ao longo de mais de centena e meia de páginas, são abordadas as questões legais e formais, incluindo as várias formas de associação e a forma como são tratadas pelas várias entidades com as quais, necessariamente, terão que se relacionar, incluindo a administração fiscal, mas também os incentivos e associações que promovem novas empresas ou os apoios que se podem obter, directamente ou por candidatura.

Estão incluídos diversos mapas, resumos, moradas e contactos, informação legal, mesmo que resumida, bem como uma série de conceitos e ideias sobre as quais convem refletir, não apenas do ponto de vista técnico ou formal, mas também avaliando se o interessado tem espírito de empreendedor e as características que lhe permitam desenvolver com sucesso uma iniciativa na área empresarial.

Para quem nunca teve ou geriu uma empresa, este é um guia extremamente útil, que percorre os passos essenciais para iniciar uma actividade por conta própria, resumindo procedimentos e ajudando a fazer escolhas, as quais, naturalmente, deverão ser acompanhadas por quem tenha experiência ou seja especialista na área, evitando assim alguns erros comuns e que podem ter um impacto negativo em qualquer iniciativa empresarial.

quinta-feira, novembro 02, 2017

Land Rover Defender da "Super 9"

Produzido sob a marca "Super 9", mas sendo fabbricado pela "Welly", na invulgar escala 1/60, o modelo do Land Rover Defender 90 Td4, unicamente em cor branca, representa de forma fiel, embora muito simplificada, as linhas do original, sendo certo de que se destina sobretudo a um público muito jovem e pouco exigente que nele vê sobretudo um brinquedo.

No entanto, e apesar de simplificado e das pequenas dimensões, este modelo tem alguns detalhes interessantes e mesmo surpreendentes, como o excelente interior, onde estão presentes as especificidades do Td4, grelha, farois e jantes de boa qualidade e logotipos em tampografia.

Os limpa-parabrisas, retrovisores, tecto de abrir transparente e os detalhes em negro das abas das rodas estão presentes, com as maiores falhas a serem alguma falta de qualidade da pintura e os eixos que, quando o modelo é visto de frente, são algo desproporcionados mas facilitam a concepção e utilização como brinquedo.

Com os logotipos da Land Rover na caixa, o que implica deduzir que se trata de uma réplica autorizada pela marca e destinado a "merchandising", este pequeno Defender pode ser adquirido por 2.95 Euros em diversas papelarias, que não devolvem as miniaturas incluídas nas edições de Sábado do Correio da Manhã, oferecendo uma relação preço qualidade imbatível, mas destinado sobretudo a quem aprecie este modelo e não tenha muitas exigências a nível de detalhes.

quarta-feira, novembro 01, 2017

Período crítico prolongado até 15 de Novembro

O período crítico do Sistema de Defesa da Floresta vai vigorar até ao próximo dia 15 de Novembro, no terceiro prolongamento do presente ano, mantendo-se as proibições inerentes, entre as quais:

- Fumar, fazer lume ou fogueiras;
- Fazer queimas ou queimadas;
- Lançar foguetes e balões de mecha acesa;
- Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
- A circulação de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

Quando fizer piqueniques, opte por levar comida já preparada e que não necessite de ser aquecida, uma vez que é proibida a realização de fogo para a sua confeção.

Este novo prolongamente justifica-se face à manutenção do tempo quente para esta época do ano e seco, dado que as chuvas ocorridas, e previstas, não serão suficientes para reduzir de forma significativa a secura dos solos e, como isso, o actual risco de incêndio, que se mantém elevado.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin